fbpx

Entendendo os CNAES para MEI

Entendendo os CNAES para MEI

Como escolher os CNAES para MEI corretos para o seu negócio?

Ao se tornar um Microempreendedor Individual (MEI), uma das etapas essenciais é a escolha do CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas) que melhor representa a natureza da sua atividade. A escolha correta do CNAE é fundamental para garantir a regularidade e enquadramento adequado do seu negócio. Neste artigo, vamos explorar os principais aspectos dos CNAES para MEI e como escolher o correto para o seu empreendimento.

O que são CNAES?

A Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) é um sistema utilizado para padronizar e classificar as atividades econômicas realizadas pelas empresas. Essa classificação é estabelecida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e é fundamental para diversos fins, como a obtenção de licenças, inscrição nos órgãos públicos e enquadramento tributário.

Escolhendo o CNAE correto para o MEI:

1. Pesquise e identifique a atividade principal do seu negócio:

Antes de escolher o CNAE, é importante entender qual é a atividade principal do seu negócio. Considere o tipo de produto ou serviço oferecido e a atividade que mais se destaca em relação às demais.

2. Consulte a lista de CNAES permitidos para MEI:

Existe uma lista específica de atividades permitidas para o MEI. Consulte essa lista disponibilizada no Portal do Empreendedor ou no site oficial do governo. Verifique se a atividade que você pretende exercer está contemplada na lista e anote o código correspondente.

3. Observe as atividades secundárias:

Além da atividade principal, é possível incluir até 15 atividades secundárias no registro do MEI. Essas atividades secundárias devem estar relacionadas à atividade principal e ajudam a ampliar as possibilidades de atuação do MEI.

4. Considere as restrições e limitações do CNAE:

Algumas atividades possuem restrições específicas ou exigem autorizações ou licenças adicionais. Verifique se a atividade escolhida possui alguma restrição ou exigência adicional e esteja ciente das obrigações que precisam ser cumpridas.

Entendendo os CNAES para MEI

Conclusão:

Escolher o CNAE correto é fundamental para garantir a regularidade e o enquadramento adequado do seu negócio como MEI. Pesquise, consulte a lista de atividades permitidas, observe as atividades secundárias e esteja ciente das restrições e obrigações específicas do CNAE escolhido. Caso tenha dúvidas ou precise de orientação, conte com a nossa assessoria especializada para garantir que sua escolha esteja alinhada com as necessidades do seu negócio.

Lembre-se de que o CNAE pode ser alterado posteriormente, caso haja necessidade de ampliar ou modificar a atividade da empresa. Mantenha-se informado e atualizado para garantir a conformidade legal do seu negócio como MEI.

Esperamos que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas sobre os CNAES para MEI. Se você está começando um negócio como MEI, lembre-se da importância de escolher corretamente o CNAE para garantir o sucesso e a regularidade do seu empreendimento.

Quer saber mais sobre os CNAES para MEI e receber dicas valiosas para o sucesso do seu negócio?Entre em contato conosco e siga-nos no Instagram e LinkedIn! Estamos prontos para te ajudar a escolher o CNAE correto e oferecer todo o suporte necessário para o crescimento da sua empresa. Não perca essa oportunidade, junte-se a nós e trilhe o caminho do empreendedorismo de sucesso!