IR – A hora da RESTITUIÇÃO

IR – A hora da RESTITUIÇÃO

Restituição do Imposto de Renda é um processo pelo qual o governo devolve parte do dinheiro que foi recolhido dos contribuintes durante o ano.

Mas para receber a restituição, é necessário que o contribuinte tenha declarado seus rendimentos pelo Imposto de Renda até a data estipulada (esse ano o último dia foi 31/05/22).

Quem não declarou os rendimentos até essa data estará sujeito a multas e juros.

E a prioridade legal será para idosos acima de 80 anos, contribuintes com deficiência ou doença grave, e também os magistérios.

Essa prioridade é também para restituições residuais de exercícios anteriores.

E qual valor recebo? E quando recebo?

Para receber o valor da restituição, é determinado com base no quanto o contribuinte economizou de impostos durante o ano.

Restituição é calculada com base na tabela de Imposto de Renda, que é publicada anualmente pelo governo.

Calendário de restituição do Imposto de Renda 2022 prevê o pagamento em cinco lotes, de maio a setembro.

Primeiro lote foi pago dia 31 de maio; O segundo lote será pago em 30 de junho; o terceiro lote em 29 de julho; o quarto lote, em 31 de agosto, e o quinto lote em 30 de setembro.

Tudo de acordo com a data da entrega do contribuinte.

Leia também:

https://contabilidade.legal/empreendedor-vamos-conversar/

https://contabilidade.legal/informacoes-importantes-sobre-imposto-de-renda-2022/

https://contabilidade.legal/toda-indenizacao-e-isenta-do-imposto-de-renda/

E como recebo?

A Receita Federal libera a restituição por meio de um pagamento bancário. Esse pagamento é feito diretamente na conta corrente cadastrada do contribuinte.

Uma novidade esse ano é que o contribuinte poderá receber também via PIX, desde que a mesma seja o CPF cadastrado.

Contribuinte que não estiver recebendo seu pagamento bancário pode entrar em contato com a Receita Federal por meio do Receita Fone ou do Portal.

Resumindo

Como vimos, a restituição do Imposto de Renda é um direito do contribuinte.

Para receber a restituição, é necessário que o contribuinte tenha declarado seus rendimentos pelo Imposto de Renda no ano anterior.

E o valor da restituição é determinado com base no quanto o contribuinte economizou de impostos durante o ano.

Dúvidas? Fale conosco.


WhatsApp

CPF Irregular?

O CPF é um dos nossos documentos mais importantes, isso porque ele é solicitado e consultado em diversos processos do dia a dia, como em

Leia Mais »

Alvará e Licenciamento

Alvarás, inscrições e licenças são algumas das obrigações que o empreendedor deve cumprir para abrir um comércio. Embora boa parte da documentação seja comum a outras empresas, há

Leia Mais »